Mais de 780 mil vagas de trabalho são criadas de 2019 a setembro de 2023 em Minas

mais-de-780-mil-vagas-de-trabalho-sao-criadas-de-2019-a-setembro-de-2023-em-minas

O setor de serviços liderou impressionante desempenho em setembro

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Minas Gerais celebra um feito impressionante no mercado de trabalho. De janeiro de 2019 a setembro de 2023, o estado registrou a criação de 780.422 empregos com carteira assinada, em um relatório divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta segunda-feira, 30 de outubro.

O destaque do mês de setembro é ainda mais notável, com um saldo de 12.631 vagas com carteira assinada, marcando o oitavo resultado positivo consecutivo no ano. Esse desempenho excepcional é resultado de 208.504 admissões e 195.873 desligamentos de trabalhadores.

Minas Gerais conquistou o quinto lugar no ranking de estados com o maior volume de empregos gerados em setembro de 2023, ficando atrás apenas de São Paulo (47.306), Pernambuco (18.864), Rio de Janeiro (17.998) e Alagoas (16.160).

No acumulado de janeiro a setembro de 2023, o estado se destacou com a geração de 183.414 vagas de empregos formais, resultado de 2.012.317 admissões e do desligamento de 1.828.903 trabalhadores.

Além disso, Minas Gerais manteve sua posição como o segundo estado com o maior estoque de empregos no país, totalizando 4.654.636 postos de trabalho com carteira assinada, ficando atrás apenas de São Paulo. Esse estoque representa o número de pessoas empregadas, tanto no setor público quanto no privado.

Iolanda Benfica Blaso, analista de políticas públicas da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG), destacou que o setor de serviços liderou esse impressionante desempenho, contribuindo com quase metade do saldo positivo em setembro. O setor de construção ficou em segundo lugar, representando 19% do crescimento, seguido pelo setor industrial, que contribuiu com 17% desse resultado.

Com exceção do setor agropecuário, que registrou uma diminuição de 5.315 vagas, o setor de serviços liderou com a geração de 8.843 novos postos de trabalho, seguido pelo comércio (4.670), construção (2.435) e indústria (1.993). Esses números refletem o vigor da economia e do mercado de trabalho em Minas Gerais durante esse período de crescimento econômico e geração de empregos.

O post Mais de 780 mil vagas de trabalho são criadas de 2019 a setembro de 2023 em Minas apareceu primeiro em Federaminas.